23 julho 2018

Um brilho que marca uma Cliente Especial:


E no dia 20 de Julho 2018,
ganhei um lindo presente da minha cliente querida: Daniela Albuquerque, em uma  entrevista na nova edição da Revista Quem,  todos os detalhes de uma vida que vem ao longo dos anos colocando mais brilho por
onde passa...

E eu como sua Decoradora de Interiores, fiel ao longo de muitos anos, venho segurando nos dedos a vontade de compartilhar aqui no blog tudo de belo que faço na decoração da casa dela, onde não posso apresentar por descrição de sua vida pessoal.

Sempre juntas, tudo ela tem controle e juntas decidimos cada detalhe da sua decoração.
E do momento que a ideia surge vamos fazendo uma completando a outra, tornando uma prazer imenso para mim como Decoradora e para ela dona da casa.

Abaixo, parte da sua entrevista:



Como foi feita a decoração da sua casa?
Eu opino em tudo, trabalho junto. A Gigi Guzzo faz o que eu tenho vontade. Escolho as cores, mando referências. Somos muito clássicas e eu gosto de desenhar umas coisas, sou supercriativa. Não é que vejo e quero fazer igual. Vem na minha cabeça. E adapto coisas, transformei uma mesa de jantar em uma de escritório, mandei fechar, colocar gaveta, um capitonê de couro branco e cristais porque amo brilho. E gosto de reciclar, reformar, se sobra tecido eu faço almofada...


Daniela Albuquerque (Foto: Andrea Dallevo/ Ed. Globo)

Aspas Daniela Albuquerque (Foto:  )
A casa tem muitos espelhos, brilhos, móveis dourados...
Gosto muito. De dourado, brilho, cristal, passamanaria nas cortinas. É aconchegante, clássico, bem realeza. Sei lá, acho que na vida passada eu era da realeza, alguma coisa assim (risos). Eu amo coisa clássica.

Até os brinquedos das crianças são clássicos, né?!
Elas também têm as bonecas do Frozen, mas eu gosto muito de leão (que aparece nas fotos), e elas gostam de todo tipo de brinquedo. Comprei kit de vassourinha, espanador... Elas gostam de brincar de faxina, e aquela casinha de bonecas elas amam, foi feita por um cenógrafo da RedeTV!, o Gustavo Falomir, que me deu de presente. É enorme, pesada, com tudo pequenininho, cheio de detalhes. Fiquei muito emocionada, porque nessas horas, pode ter isso de eu ser a mulher do dono, mas ele é um superartista, tem emprego garantido por mérito dele, não precisa puxar saco de ninguém, e fez isso para mim porque sabe que eu gosto e quis me presentear. É tão gostoso esse carinho, é um brinquedo muito especial.

Daniela Albuquerque (Foto: Andrea Dallevo/ Ed. Globo)
Aspas Daniela Albuquerque (Foto:  )
Você foi criada em circunstâncias bem diferentes. Você já tinha esse olhar aguçado para decoração?
Acho que é uma coisa que nasceu comigo. Eu não tinha grana para decorar a casa, então, quando fazia faxina, trocava tudo de lugar. Aí, eu sentia que tinha mudado tudo. O meu quarto era impecável. Uma vez, consegui comprar um kit que vinha cortina, o edredom e as almofadas e foi a “belle époque”. Eu sempre gostei de cuidar de casa, de fazer as coisas. Eu e meu marido jantamos todas as noites à luz de velas. A gente combina muito nessas coisas. Quando a gente vai comprar alguma coisa, eu escolho o que ele escolhe e ele escolhe o que eu quero. É uma coisa de energia, de gostar das mesmas coisas. Claras, românticas. Lá no Mato Grosso eu fazia o que dava.
Você é apegada a objetos caros? Ou algo pode ser bonito e barato?
Eu não ligo para marca. Tenho que bater o olho e tocar meu coração. De um bordado a algo mais elaborado. Minha casa é uma mistura de tudo. Minhas coisas não são caras. Gosto de ir em feira de decoração, procuro tudo. Gosto de comprar em atacadista, adoro negociar preço. Eu era vendedora, comprava muambas no Paraguai.


Daniela Albuquerque (Foto: Andrea Dallevo/ Ed. Globo)




O carpete do seu escritório, foi desenhado especialmente, com arabescos nas cores escolhidas por ela.
E tudo finalizado por mim com o fabricante.

Trabalhar com ela, precisa ser muito organizada, prática e focada em cada item.
Nada fica longe dos seus olhos, ela tem total controle de cada peça escolhida e comprada.

Apresento o projeto, as peças para serem compradas dentro do projeto, escolhemos e no final faço toda a montagem do ambiente, com ela longe, assim quando ela chega, tem a surpresa do trabalho pronto!

Se mudamos as peças e objetos de lugar, 90% das vezes não!
Aí que entra o meu maior prazer, a cliente confiar no meu trabalho e saber exatamente o que quer.

E pela sua vida super corrida, muitas vezes decidimos em pleno voo a caminho para algum lugar.
Com muitos anos juntas, hoje só de olhar para ela sei o que está pensando, sintonia entre o cliente
e a profissional é o primeiro passo para que tudo fique maravilhoso!


Até breve!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais vistos na última semana...