29 junho 2018

Projetos de Decoração: Como contratar um Profissional.

...Um passo de cada vez...

Assim, deve ser em tudo na nossa vida.
E com o passar dos anos para mim, está frase fica cada vez mais evidente que devo colocar em prática.
Quantas vezes em uma determinada situação queremos sair correndo e logo resolver o caso,
e após alguns minutos damos aquela parada "mágica" onde nossa intuição vem e pede para pararmos.

E no final das contas foi a melhor decisão que podíamos ter tomado...
Bem na verdade, quando nosso "GPS" leia-se: Intuição, entra em ação, o mais correto sim
e pararmos, escutarmos e colocarmos em prática.
Difícil não, sim por isso que quebramos a cara algumas vezes.




Eu como Decoradora de Interiores,
tenho uma intuição bem "aguçada"
em relação a alguns clientes que chegam a mim.

Adoraria estar errada em
algumas situações, mas no final
fico até "brava" comigo mesma
em não ter dado "créditos" a ela.


Vamos as minhas dicas sobre
como é importante dar um passo de cada vez e escutar sua intuição:






1a. Contratar um profissional para fazer seu Projeto de Decoração:
- Conheça o estilo que ele/ela mais trabalha. Se, a maioria é de um determinado estilo e você
não gosta, não contrate. Ele, vai até fazer o estilo pedido, mas não vai ser o ideal.

- Faça contrato de Trabalho com ele, nada de deixar apenas "falado" o que será feito pelo
profissional.

- Acerte honorários antes. O profissional vai trabalhar para você, ele não vai "Te ajudar".
Comum as pessoas pedirem ajuda... mas, ninguém ajuda o profissional a pagar a conta de luz dele.

- Projeto pronto, apresentado e aprovado por você, nada de mudanças.
Se, elas existirem que seja entre você e o profissional. Não mude, porque no final não vai ficar bom.
Claro, existem as exceções, que são bem vindas e em alguns casos necessárias.

2a. Sobre o Projeto concluído:
- Defina antes de estar no papel, tudo que quer, precisa e sonha.
Não se preocupe com sonhos, os valores deles muitas vezes entram no seu orçamento.

- Estilo, designs, cores etc; o profissional tem "obrigação" em lhe apresentar tudo até
você estar seguro/a nas escolhas.

-  Como escrevi acima, mudanças dentro do projeto em andamento é péssimo para todos.
Tente não mudar, mas se realmente não for o que quer, claro mude.

3a. Relacionamento entre: Cliente & Profissional.
- Na primeira reunião, você já vai sentir se "foi com a cara dela/dela".
Se, não gostou não prossiga com a contratação.

- Respeite o profissional que o contratou, ele é seu "aliado" não seu inimigo.
Muitas vezes, quem paga o profissional e os fornecedores que ele apresenta, fica com "raiva"
pois na figura dele, ele tira o "dinheiro" do seu bolso, pois todas as vezes que estiver com ele
sabe que vai ter que aprovar e consequentemente pagar algo...

- No caso dinheiro: seja sempre sincero com ele. Não aceite, aprove o que não poderá pagar
lá na frente. Se, gostou da ideia, peça com valores menores.

- Horários de trabalho, devem ser respeitados.
Ligar para o profissional 21 horas, porque é o único horário que tem para tirar dúvidas
e ou conversar sobre o projeto, não é um horário comercial.
E ele trabalha como você, em horário comercial...

 ************************************************************************
Aqui, no blog tudo é muito fácil em passar as informações no que compete,
ao meu lado profissional e a tudo que se refere a decoração.
E com 8 anos de blog, em todos as postagens tenho uma sugestão, dicas que poderão ser úteis.
Visite outras postagens, caso as tenha.

 Beijos & Abraços,
Boa Sorte!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais vistos na última semana...