12 junho 2018

A minha história para o Dia dos Namorados.


E como tudo começou:

Em um restaurante jantando com a família, eis que ele entra, todo sorridente...
Do nada eu paro de comer, perco a respiração, e por muito pouco não caiu de costas!
Nossa!!!! ( eu me pergunto:) Quem é este "sujeito" que me tirou de cena?????

Jantar caminhando, claro as pessoas presentes notaram minha reação e logo vem
aquela pergunta básica: "O que aconteceu com você, quem você viu?!!"
Risadas pra cá, pra lá nem eu mesmo sabia o que tinha acontecido, quanto mais responder.

Um restaurante pouco frequentado por mim. Até aquele dia.
Final do jantar, vamos embora e aquele sorriso simples e super tímido ( coisa que não sou mesmo!)
mas, naquele momento fiquei, para a tal "pessoa com um poder incrível de me tirar do ar".

E fui com a tal cena de "desconforto" do por que um Homem mexeu tanto comigo daquele jeito.
Bem na verdade, vale lembrar que,  fazia muito tempo que não estava interessada em
relacionamentos amorosos. Sim, muito "trabalho" para administrar com eles,
que no final não valem a pena. Não queria mais isso pra mim.

Passado uns 30 dias volto ao tal restaurante, a mesma hostess estava a me receber.
Então, como mulher já fui perguntando sobre o tal homem, me pareceu no dia, que ele
conhecia todos, desde o bar men, até o gerente pois a todos cumprimentou com muita intimidade.

Para minha surpresa, ele já tinha ido outras vezes, nestes 30 dias e perguntou de mim...
Uhmmmm, estranho não.

Daí, na terceira vez, contando uns 2 meses, retorno ao tal restaurante, a hostess já abriu
um sorriso pra mim quando me vê. Sento na mesa, aguardo minha filha, tomando um
drink e do nada, lá vem a hostess com outro drink.

Dou um sorriso, e falo já estou tomando um, achando  que tinha vindo outro por engano.
Que nada!!!! Era ele, que chegou e a tal da hostess disse que a "loira" ( Eu.) estava lá!
Troca de cartões, e mensagens via cel, pois estava aguardando minha filha, e acharia
super chato ela chegar e eu estar com alguém na mesa.

No final do jantar, vou até ele agradeço o drink e logo vem a pergunta dele: "Posso te ligar?"
SIM, SIM, SIM......AHAHAHAHAH

Estranho, engraçado, coincidência, coisas do além, encontro do passado...
Pense o que quiser, porque realmente eu não sei!
Hoje, estamos namorando, embora no início era fato que éramos apenas amigos!
Ah, tá!

Mas, o mais legal é que ele sabia, de alguma maneira, que eu estava bem fechada para qualquer
relacionamento. Daí vem a sabedoria e paciência dos Orientais, em plantar todos os dias
uma sementinha... foi bem isso que ele fez.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais vistos na última semana...